Respeite o seu tempo.

Sei que sumi, eu sei. Sei que o Instagram não entrega as publicações e sei que se você estiver vendo essa postagem aqui no blog, preciso te dizer uma coisa: muito obrigada.


Obrigada por continuar aqui, mesmo depois de tanto tempo. Criei metas que não cumpri e me culpei por isso. Me culpei por não conseguir criar um post e não divulgar a foto que escrevi com algum texto importante. Me culpei por demorar para responder e por não conseguir acompanhar minhas amigas nas redes sociais. Me culpei pelo comentário não respondido e pelas oportunidades que já perdi. Me culpei por escrever esse texto de madrugada ao invés de estar dormindo e por estar postando ao invés de ir almoçar. 

Talvez o problema de ter sumido tanto, tenha sido sentir culpa. Sentir culpa por não ter a mesma rotina de antes e não me dedicar tanto. 

Mas sabe o que acontece? As vezes precisamos colocar prioridades para não enlouquecer. Sei que algumas pessoas ao meu redor não levam a sério o que eu faço aqui.  Mas posso contar uma coisa que nunca falei antes? Por trás dos posts fofinhos de decoração, tinha uma menina buscando refúgio pra superar uma dor que ela demorou 3 anos para perceber que nunca vai passar. Perder alguém é perder uma parte de si. E buscar coisas para compartilhar, me ajudou a não surtar e seguir em frente. Engraçado, né? Me ajudou com isso, me ajudou com a transição e com tantas outras coisas que vocês não imaginam. É quase como olhar pro lado e ver que você não está sozinha, sabe?  

E lembrando de tudo isso, só consigo agradecer. A vida anda muito corrida, mas depois de tanto tempo escrevendo, tantos cronogramas não compridos e projetos inacabados, me sinto no dever de vir agradecer você, que chegou aqui do nada, e você, que lê meus textos desde 2015. Respeito e gratidão. Sempre! 

Não quero dizer "até conseguir me organizar" porque talvez esse dia não chegue. Essa é a verdade. Não quero criar um cronograma de postagem, divulgar e falhar mais uma vez. A minha promessa dessa vez, é diferente: prometo não sumir.

Escrever me faz ser uma pessoa mais grata e fico me perguntando o porquê eu precisava me culpar tanto por não conseguir postar no dia certo. Se não consegui na quinta, TUDO BEM, olha a sexta-feira aí cheia de oportunidades. As vezes a gente não percebe que cada dia é uma nova chance de realizar sonhos e correr atrás daquilo que queremos.  Mas serviu de aprendizado! 

Aos poucos, os posts voltarão ao normal e com muitas novidades pela frente. Do jeitinho que a gente gosta. 

Então é isso, obrigada por tudo. 

E é com esse post feito de madrugada e de coração aberto, que termino com o nosso bordão desde o primeiro dia:

Te encontro no próximo post,

Beijos da Tami.

Você pode gostar também

0 comentários