Te aceita do jeito que é, assim, o mundo te aceita como ninguém!

"Te aceita do jeito que é, assim, o mundo te aceita como ninguém."

E é com essa belíssima frase do meu escritor favorito da V-I-D-A (Frederico Elboni – do blog Entenda os homens), que dou início ao post de hoje. Estava pensando em como nós, mulheres, estamos sempre insatisfeitas e descontentes com tudo aquilo que temos ou somos. Tudo não, não é preciso tanto exagero, mas pelo menos uma parte de nós, ou algo que temos, sempre nos incomoda.


Se tem cabelo liso, quer cachos; se tem cachos, é escrava da chapinha; se é gordinha, tem que emagrecer, assim como quem é muito magra precisa engordar... e por aí vai. Eu realmente poderia me estender nas diversas situações em que as mulheres sentem-se insatisfeitas e são “obrigadas” a mudarem quem são apenas para serem inseridas na nossa sociedade.

Eu mesma já me senti várias vezes assim. Já deixei de sair por não ter coragem de assumir os cachos pois não estava com escova, já deixei de fazer coisas por medo do que pudessem pensar a respeito, e sabe de uma coisa? Isso tudo é uma grande bobagem!

Agora mesmo, olhando para quem sou hoje, agradeço por ter essa consciência de as coisas não precisam ser assim. Você não precisa deixar de sair por não estar adequada ao padrão da sociedade, nem deixar de fazer aquilo o que quer, pelo fato de que talvez as outras pessoas possam achar estranho ou te julgar. Você não precisa de nada disso!

Não há nada melhor que se aceitar da maneira como é. Viver da maneira como gosta e sair por aí fazendo tudo o que tiver vontade. Juro pra vocês, que foi uma sensação libertadora, quando, depois de muitos anos sendo escrava de escovas e chapinhas, saí por aí com os cachos livres, leves e soltos sem me preocupar se iria chover ou se o calor poderia derreter a minha escova. Isso já faz muito tempo, mas sinto uma felicidade muito grande toda vez que lembro desse momento.

 Hoje percebo a minha possibilidade de escolha, e resolvi começar com a frase do Fred pois ela descreve PERFEITAMENTE tudo aquilo que eu quero dizer. A partir do momento em que você se aceita da maneira como é, o mundo se adequa a quem você realmente quer ser. E sinceramente, não há nada melhor do que poder ser você mesma.

Não deixe de fazer algo que gosta por medo de não aceitarem. Não deixe de viver o que sente por estar fora dos padrões da sociedade. Não deixe que imponham a maneira como você deve viver a vida... apenas não deixe! O mundo está aí, cheio de oportunidades, e sabe qual é a melhor parte disso tudo? Você pode ser quem quiser.

 Espero que entendam a minha mensagem e, se por acaso ela for relevante para pelo menos uma pessoa, já me darei como satisfeita.
Te encontro no próximo post,

Beijos da Tami. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário