Os piores erros na hora de cuidar dos cachos - você precisa saber!


Oi pessoal, tudo bem? Hoje o assunto é sério!  É fato que gostamos de cuidar do cabelo, mas  quase nunca ele está do jeito que queremos, não é mesmo? Você já se perguntou se está cuidando da maneira certa? Existem TANTOS errinhos na hora de cuidar do cabelo que as vezes cometemos sem perceber. Vamos lá?






Vamos começar pelo básico: você lava seus fios corretamente? Na correria do dia-a-dia, é tão automático passar shampoo, tirar, tacar condicionador nas pontas e enxaguar, que muitas vezes não nos damos conta de que não estamos fazendo corretamente. Você limpa bem a sua raiz? Usa de vez em quando um shampoo anti resíduo? Mesmo quem tem cabelo seco, é importante usar de vez em quando. Com o cabelo BEM lavado, todo o processo se torna muito mais rápido e duradouro (amém?).






Todo mundo está cansado de ouvir que não é bom deixar o condicionador na raiz porque acumula produto nos folículos capilares que atrapalham o crescimento do cabelo, deixa a raiz oleosa e etc. MAS, sejamos sinceras, de nada adianta lavar o cabelo corretamente se você acabar enchendo sua raiz de creme de pentear. Falo isso por experiência própria (infelizmente), faço com frequência e direto tenho que usar shampoo anti resíduo, além de deixar o meu cabelo com aquele aspecto de oleoso quando na verdade lavei no dia anterior. E só para ter uma ideia, meu cabelo finalizado corretamente dura em média 4 dias sem ficar oleoso. Faz diferença, né?






(Quem odeia o frizz levanta a mão \o/) Tem coisa mais chata de que ficar com aquela parte do cabelo toda indefinida e com aquele frizz que a gente tanto odeia? Dê uma atenção especial para a sua toalha de banho. As toalhas comuns, causam um atrito muito grande com os fios, que resultam no bendito frizz. Opte por uma toalha de algodão, OUUU, você pode pegar uma camiseta de algodão e fazer de toalha de banho. Fiz isso e não troco mais!






"Meu cabelo fica ressecado e eu não sei o porquê" Será que não sabe mesmo? Eu vivia dizendo isso, mas parei de dizer quando me toquei que falava isso enquanto secava o cabelo com o difusor. Não é errado, mas convenhamos, é uma fonte de calor que muitas vezes o nosso cabelo não precisa. E quanto mais molhado, pior. Se você for acostumada a secar o cabelo com secador, finalize e tire grande (grande mesmo) parte da água presente com a toalha/camiseta de algodão. Assim, o atrito da temperatura não atingirá por tanto tempo os seus fios.








Outra coisa SUPER MEGA BLASTER importante que nos não nos damos conta na hora de cuidar do cabelo: ahh ele está ressecado, vou fazer uma hidratação. MAS, é de hidratação que seu cabelo precisa? Aquele frizz que você tanto reclama, talvez não seria falta de nutrição? E as suas pontas? Uma reconstrução para repor massa, talvez? É sempre importante analisar o que o nosso cabelo precisa realmente, assim economizamos tempo e dinheiro.







De todos os itens, confesso que esse sempre foi o que mais deixei de lado. Procurava TANTO produtos que melhorassem o cabelo, mas não percebia que o mais ajuda é aquilo que consumimos. Afinal, tudo é consequência, né? Se ingerirmos coisas boas, nosso organismo trabalhará melhor e os resultados serão além do esperado.  Beber MUITA agua e investir em uma alimentação balanceada (queria dizer saudável, mas balanceada já é um início) ajudará muito na melhora do cabelo.



E então, você comete algum desses erros? Dos 6 itens, quantos você se identifica? Já tentou fazer algo diferente para mudar? Me contem aqui nos comentários.
Te encontro no próximo post,
Beijos da Tami.

5 motivos para assistir Everything Sucks! da Netflix.


Oii pessoal, tudo bem? Dia 16 de fevereiro de 2018 foi lançado na Netflix Everything Sucks! da Netflix. , um seriado americano que se passa na década de 90. 

SINOPSE:

Everything Sucks! é uma série de comédia original Netflix do gênero coming-of-age criada por Ben York Jones e Michael Mohan, uma paródia da cultura adolescente na década de 1990.

Em 1996, na cidade de Boring, alunos dos clubes de teatro e vídeo encaram os altos e baixos da vida adolescente nos tempos do vídeo-cassete.


Terminei de assistir os episódios no dia seguinte e hoje estou aqui para falar 5 coisas que me chamaram a atenção e que fazem da série uma boa opção para assistir. Vamos lá? 


1 – IDENTIFICAÇÃO

Tá, não vou negar. Se me contassem que a série foi gravada em 1996 ao invés de 2018, eu até acreditaria. Ok que existem alguns detalhes que entregam o fato da série ser atual, eu sei, mas ainda assim, sabe quando você assiste uma coisa e te dá aquela sensação de “nossa, isso é da época que eu nasci?” Então, é mais ou menos isso. 



2 – PERSONALIDADE ADOLESCENTE   

Por ser uma série muito humana, empática e acolhedora, é fácil se identificar com as situações em que os personagens são submetidos e perceber a falta de maturidade em muitas atitudes, os medos e as incertezas de um mundo pouco explorado. Mas ainda assim, é engraçado ver como a idade nos torna mais maduros, pois sinceramente, na idade do Tyler, Kate ou dos demais personagens, acredito que não faríamos nada muito diferente. Tudo foi explorado de forma leve e sem precisar impor uma opinião. 



3 – ÁUDIO VISUAL 

Quem gosta de áudio visual, vale a pena prestar atenção nos detalhes. É tudo bem amador, se comparado ao que fazemos hoje em dia, mas muito atual, se comparado a 1996. As cenas do filme e a direção do Tyler me prenderam até o final do 10º episódio. Acredito que essas partes fizeram com que a série perdesse um pouco o foco da trama principal, mas ainda assim, complementaram de forma diferente e interessante.  



4 – HOMOSSEXUALIDADE

Puro, sincero e sem maldade. Exploraram a homossexualidade de Kate, suas angustias, o medo de não ser aceita entre os amigos, de ser rejeitada e toda a incerteza sobre estar fazendo a escolha certa, de uma forma muito leve e bonita de se ver. 



5 – PERDAS, AUSÊNCIAS E RECOMEÇOS

Ao redor de Luke, Kate e Emaline, o seriado é repleto de drama. Luke lida com a ausência do pai e como isso interfere em sua vida, mesmo sem admitir. Kate enfrenta um drama em relação a sua homossexualidade e toda a ausência que a mãe faz em sua vida, assim como respostas que nem ela consegue dar. Emaline, apesar de não ser o foco principal da série, tem um papel importante por retratar insegurança e as consequências de um relacionamento conturbado. 


Mas o ponto é que, cada um à sua maneira, lida com perdas, ausências e procuram um recomeço, mesmo que de forma perdida e bagunçada. 


CRÍTICAS E CONCLUSÃO

Apesar de ser uma série fofinha e com personagens cativantes, senti que em alguns momentos a série acabou se perdendo. Qual a trama principal? Qual o propósito de tudo isso? Ou será que é tudo uma mistura e é isso aí mesmo? Fiquei me questionando isso depois de terminar de assistir.

Confesso que estou curiosa para ver o desenrolar da série, e apesar de não entrar para a lista das “Séries favoritas da vida” (daquelas que a gente morre de amores, sabe?) com certeza continuarei assistindo, por ser leve, tranquila e ainda assim, nos fazer refletir sobre muitas coisas.

Alguém aqui já assistiu? Adoraria saber a opinião de vocês, então me contem aqui nos comentários, tá?

Te encontro no próximo post,

Beijos da Tami.


Resenha: 1 mês usando a linha completa Maria Natureza da Salon Line!

Oii pessoal, tudo bem? Quem me conhece sabe que adoro testar coisas novas e compartilhar a minha experiência com vocês. Dessa vez, os escolhidos foram os novos lançamentos da Salon Line: a linha completa Maria Natureza –  com Leite de Coco e Óleo de Monoi. Resolvi testar por UM MÊS e só então compartilhar tudo o que achei, então posso adiantar que o post de hoje está cheio de dicas e MUITO amor. Preparados? Hahahah


Sol, calor, piscina e todas as químicas do dia-a-dia: chega uma hora que não dá mais. O cabelo fica tão feinho, ressecado e sem vida. Juro que as vezes eu não sei o que fazer com o meu, mas depois de UM MÊS INTEIRINHO testando a linha, posso dizer que muita coisa está mudando.



COMPOSIÇÃO “BÁSICA” DA LINHA:
O que me chamou a atenção para a linha foi o fato de todos os produtos Maria Natureza serem desenvolvidos a partir da combinação de três elementos naturais: chá verde, chia e trealose. Pelo o que entendi, esses elementos formam como se fosse um “escudo” em volta dos fios, que os protege da poluição, dos raios ultravioleta e das variações de temperatura. Os produtos que testei foram com Leite de coco e óleo de monoi. Pensa em uma composição poderosa?

LEITE DE COCO: Ele tem vitaminas e ácidos graxos excelentes para hidratação e nutrição naturais. E proteínas que reparam aqueles fios mais cansados.

ÓLEO DE MONOI: Um hidratante potente de flores de Tiaré com óleo de coco. Super rico em lipídios para recuperar fios, repor nutrientes, dar brilho e maciez.

Sabe uma coisa que eu amei antes mesmo de testar a linha? O fato de saber que ela é totalmente VEGANA e não testa em animais! 😍😍

Vamos lá? 


Tem uma fórmula hidratante, que limpa de forma suave, mas ao mesmo tempo hidrata os fios e cuida do couro cabeludo. É um produto que rende MUITO, então um pouquinho é suficiente para toda a raiz.






AMEI o desembaraço que o condicionador deu. O cabelo fica DESMAIADO, sério. Por ter leite de coco e o óleo de monoi, o resultado não poderia ser outro, né? Gosto do fato dele ajudar a tirar o frizz do cabelo, além de ter um cheirinho maravilhoso!





Não posso negar que o Leave-in foi o que mais me surpreendeu em toda a linha. É leve, cheiroso e eu simplesmente amei. Se quiser UM motivo para testar esse leave-in, posso te dar DEZ: brilho, hidratação, reparação profunda, cabelos desmaiados, ação antifrizz, toque acetinado e macio, proteção térmica, selagem das pontas, cutículas seladas e, claro, aquele desembaraço de dar gosto! 


 Gravei até um videozinho no instagram aplicando o leave-in nas pontas do cabelo, já viram? Se não viu é só clicar aqui.


Pensa em uma máscara super concentrada? É essa! Com a promessa de efeito gloss, deixa o cabelo com toque ultra sedoso e  aquela sensação de desmaio (perceberam que eu amo produtos que façam isso com o cabelo, né? Hahahah)


Mas pela composição que ela tem, o resultado não poderia ser outro:

FLOR DE LÓTUS: Atua como um tônico revitalizante para os fios, deixando os fios brilhantes, lindos e saudáveis.

HIBISCO: Rico em vitaminas C e do complexo B, possui ação para brilho extremo. Garante cabelos mais fortalecidos e resistentes, além de auxiliar na luta contra pontas duplas.

JASMIM: Possui propriedades ultra hidratantes e que atuam para um couro cabeludo saudável.

Estou usando uma vez por semana e por mim usaria mais vezes só para ficar com o cheirinho de coco no cabelo!  



SOBRE A PROMESSA DA LINHA E A MINHA OPINIÃO:

Na teoria tudo é lindo e maravilhoso. Mas e na prática? Cumpre mesmo? Dá ADEUS aos cabelos secos e desidratados? Após testar por UM MÊS, posso dizer que acredito SIM na promessa que a marca faz e em tudo que ela propõe. Eu precisei de um tempo para testar e ver se funciona mesmo, não é como um creme de pentear que em poucas finalizações já temos uma opinião formada, sabe? Produtos assim demandam mais tempo.


Mas podem acreditar: se eu achasse que fosse necessário mais de um mês testando pra então vir aqui falar, podem ter certeza que eu demoraria sem pensar duas vezes!

Como uma cacheada em transição que ainda sofre pra encontrar produtos que se adaptem ao meu cabelo, jamais indicaria algo que não deu certo comigo.


PONTOS NEGATIVOS:

Não posso dizer que é um ponto negativo da linha (na verdade só vejo coisas positivas para falar) mas sim um ponto negativo do meu cabelo rs. Por ter os fios muito finos, um pequeno excesso de produto já é mais do que suficiente para pesar e deixar aquele aspecto grudento e cá entre nós, nojento! Hahahah

Então, uma coisa que percebi logo nas primeiras vezes, foi que pouquíssimo produto já era o suficiente para o meu cabelo. Tanto o shampoo, condicionador, mas principalmente, a máscara e o leave-in.


Na verdade um ponto negativo do meu cabelo tornou-se um ponto positivo para o meu bolso, né? Afinal os produtos durarão por muito mais tempo hahahaha

Acho importante repassar isso pois sei que muitas também se identificam com os fios mais finos, então segura a mãozinha e usa só um pouquinho, tá? #Dicasdatami


CUSTO X BENEFÍCIO:

Depois de tudo o que falei e + essa questão da quantidade de uso ser bem pouca, é óbvio que o custo x benefício do produto é EXCELENTE. Os produtos são acessíveis e é um investimento que vale a pena, já que o retorno é garantido.



E aí, gostaram? Alguém aqui já usou ou tem vontade de usar? Me contem aqui nos comentários.

Te encontro no próximo post,

Beijos da Tami.

TOP 5: inspirações na transição capilar!

Oii pessoal, tudo bem? No post de hoje trouxe um top 5 bem diferente, resolvi mostrar as 5 meninas que mais me inspiram na transição. Aqui e aqui já falei um pouco sobre esse assunto da transição, e como vi o quanto vocês gostaram, resolvi continuar compartilhando essas dicas. Preparados pra uma chuuuva de cabelos cacheados?

DUDA FERNANDES



Eu não poderia começar as indicações sem falar da Duda. Uma das primeiras a compartilhar essa fase de transição capilar, um grande exemplo de força, persistência e motivação. Toda vez que eu penso em alisar, começo a assistir os vídeos do canal e me lembro dos motivos que me fizeram começar.

DAIANE POSSOLY




O cabelo dela é maravilhosoooo! Sempre que quero ver alguma resenha ou maneiras de finalizar o cabelo, a Daiane me salva muito. Sério!

CAROLINE


Com uns cachos desses, acho que nem preciso dizer o quanto ela me inspira, né? Acho simplesmente maravilhoso e não vejo a hora do meu crescer também.

ANA LIDIA


Acompanho a Ana já faz um bom tempo e admiro muito toda a força de vontade que ela teve para conseguir fazer o BC e passar por tudo depois. O tipo do cacho dela é maravilhoso e amo todos os vídeos relacionados a cabelo que ela sempre posta.

BRUNA VIEIRA



Dá mesma forma que precisei começar o post falando da duda, não poderia terminar sem falar da Bruna. Além de ser uma das que eu mais acompanho (fã assumida do Depois dos quinze), a Bruna está em fase de transição capilar e faz com que eu me identifique muito com toda essa fase que eu também estou passando. Essa fase de testar quais as melhores finalizações, técnicas e produtos e aprender lidar com essa fase de mudança e transformação.

E é isso, a transição continua por aqui e vamos ver o que vai acontecer. Alguém aqui também acompanha alguma delas? Me contem aqui nos comentários.

Te encontro no próximo post,


Beijos da Tami.